21 de janeiro de 2012

Agora é o momento, simplesmente jogue tudo para o ar, ninguém merece seu amor, as pessoas são crueis. Logo eles que me machucam tanto, por que? Sinto uma imensa culpa em tudo que acontece, mesmo que não tenha feito muita coisa para as justificativas usadas contra mim. Defender os outros pode até ser algo bom, mas o seu coração que se fode na história. Todos os dias indo e voltando, sempre! Nesse mesmo ciclo de desavenças, confusões que acabam comigo. Estou farta de tudo isso, de todos esses pseudo sentimentos ao meu redor. Eu não tenho a graça para pertencer a este lado morto da vida, eu não nasci para aspirar o odor das decepções. E o meu relógio não para por causas desses motivos, eu mesma consigo me aconselhar e superar tudo isso, um dia quando o tempo soar a meia-noite, esterei lá. Em um estágio de vitória, de vingança a todos que cuspiram nos meus planos.
Eles não gostam da vida que eu levo, não gostam da areia presa nos meus pés. Ou de se sentar por aí a fumar erva, e para meus corações apaixonados eu devo parecer mais com uma amiga quando se precisa. Sugar de você, em todos os sentidos, é isso que todos querem, sugar suas inspirações positivas, lhe tirar do trilho do progresso.

As rachaduras na calçada debaixo do meu sapato, eu me importo cada vez menos e menos com vocês. Ninguém por perto para olhar para mim, então eu posso olhar minha sombra, tanto quanto eu quiser. Vocês nunca vão chegar perto de como eu me sinto, sou egoísta quanto aos sentimentos. Por que não me aparece alguém para eles serem compartilhados, pensando bem, mesmo que tal estivesse na minha frente, eu não poderia tê-lo. O moralismo não me permite ser feliz, nada, no momento so me resta continuar com o objetivo inicial. Ir embora, ir pra longe de tudo isso, se pelo menos eu obtivesse consciência na quarta dimensão...

Quero um espaço em torno de mim, onde minha alma possa respirar. Eu tenho o corpo que minha mente pode deixar, nada mais importa, eu não ligo para o que eu talvez sinta falta. Companhia ok, mas a solidão é felicidade! Há uma festa na minha cabeça e ninguém é convidado. Perdi toda a simpatia e a paciência que em gotas, me restavam... Vão para o inferno!


Maria Clara Rocha,

5 comentários:

  1. noss amei o texto! como sempre muito bom...

    ResponderExcluir
  2. Ameei esse texto, me identifico com suas palavras.

    ResponderExcluir
  3. como sempre... textos ótimos *-*, me identifiquei pra caralho ;D

    ResponderExcluir
  4. Oi,vim conhecer seu Blog,amei e já estou super seguindo,parabêns por seu cantinho e muito sucesso aqui!

    Te convido para conhecer meu Blog e se gostar e puder seguir também,será muito bem vinda,sinta-se em casa!

    Ah,tem 2 sorteios rolando por lá,participa! :)

    http://umamulherbemvestida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Ummm...Penso, logo tenho problemas. Amiga, é uma artrite mental generalizada. Bem vinda ao clube.

    ResponderExcluir

Quem sou eu

Minha foto
Clara.Idade: 19.Falar a verdade não careço de muita lógica. Ou de mim se gosta ou esquece. Por gosto mesmo ficava de papo pro ar. Mas o que me faz feliz e apetece é cheiro de vinho, cabelo lavado, de escrever poesia pulando os dias, de frapê e filme iugoslavo. Qualquer dia desses faço feito Santos Dumont e construo minha casa na árvore.
Tecnologia do Blogger.

Translate

Leitores

Pensar

O que é pior: chegar ao fundo do poço ou continuar caindo?'' -Prá virar cinza minha brasa demora!
-

Pesquise

  • Mauris euismod rhoncus tortor
  • Sed nunc augue
  • Why is it needed
  • Where can I get some